quinta-feira, 28 de outubro de 2010

EMERGÊNCIA NACIONAL: ASSALTO AO PODER - NÃO! REERGUER O ESPLENDOR DE PORTUGAL - SIM!




Diz o jornal I, de hoje, que, o PSD apoia um governo de Emergência. Pergunta-se para quê: para conquistar o poder sem eleições, ou para continuar a agravar a política IMORAL , INJUSTA E ERRADA que se tem vindo a seguir, desde os governos de Cavaco da Silva, baseados na inverdade, no regabofe do endividamento particular e público, para vivermos acima das nossas capacidades, como, apesar do esquecimento geral, de todos os partidos, o general Vasco Gonçalves já denunciava há 36 anos, e, pessoalmente, o tenho feito por onde posso.

A minha constatação é muito simples, nos governos do sr. Prof. Cavaco da Silva, ganhando cerca de 150 contos mês, protestei pelo 600 contos de IRS que paguei, ao que me foi respondido que estava mal pago, mas, mesmo assim, estava na faixa dos 20% que ganhavam mais, o que, me leva a comparar o desgoverno da maioria das famílias portuguesas.

Em férias, normalmente vou a Espanha em viagens de turismo sénior de baixo custo, outras dias passo na Madeira, na casa da minha irmã, tenho uma TV com 10 ou 15 anos, tenho um tm da 1º geração, vivo num T2, sem NENHUM LUXO, e vejo-me à rasca para viver com alguma dignidade, cumprindo os meus deveres de pai.

Não tenho nenhuma margem de manobra, porque só devo ao banco a casa, que também já podia estar paga, há 8 anos,mas como tive de vendê-la e recomprá-la, assim, não acontece.

Neste quadro de verdade, o endividamento externo é consequência de um conjunto alargado de desvarios de que não sou responsável, NEM SOLIDÁRIO. QUEM GOZOU QUE PAGUE. QUEM MAIS GASTOU E TEM CHORUDOS LUCROS QUE PAGUE A CRISE QUE CRIARAM. QUEM TEM EMPRÉSTIMOS A MAIS QUE OS PAGUE. NÃO TENHO NENHUMA SOLIDARIEDADE COM OS RICOS E POBRETANAS ARVORADOS EM NOVOS RICOS, AINDA POR CIMA CONTRAREVOLUCIONÁRIOS, CONSERVADORES E RACISTAS.

Aceito um governo de Emergência para libertar os que vivem com dignidade, da canga de serem esmifrados para satisfazerem a sra. Merkel, os banqueiros e as cigarras.

Não aceito, nem devemos aceitar, um governo de emergência Nacional para servir de muleta ao PS e ao PSD, para, ainda, encostarem mais os funcionários públicos à parede, obrigando-os a pagarem todos estes desmandos, como se fossem criminosos, e que, me merecem ser punidos com uma carga de dias de perda de vencimento, para pagarem ainda mais a factura do nepotismo, da corrupção, do mercado paralelo, da injustiça fiscal, e verem piorar a prestação dos cuidados de saúde, educação e segurança, aumentar o desemprego por despedimento de servidores do Estado e,ou congelamento das admissões.

Para prosseguirem politicas de desastre Nacional já bastam os sucessivos desgovernos que temos tido.


MAS O QUE FAZ FALTA?


FALTAM PORTUGUESES, CONCIDADÃOS, DE ELEVADA MORALIDADE, COMPETÊNCIA E AMOR A PORTUGAL, AO POVO E À DEMOCRACIA, AO DESENVOLVIMENTO E À LIBERDADE, PARA GOVERNAREM FORA DESTA LÓGICA DE CAPITALISMO DE DESASTRE, QUE OS BANQUEIROS, A ALEMANHA E O SR. DURÃO BARROSO IMPÕEM.

Numa lógica de justiça social, como por exemplo a que existe na Finlândia, é preciso reerguer o esplendor de Portugal, recolocando a centralidade dos valores da justiça, do comportamento honesto, da moralidade, da Constituição que aponta a igualdade centrada no mérito e na justiça e não a desigualdade ESCABROSA que é o caminho que está a ser seguido.

Enquanto esmifram 80% da população, 1 a 10% enriquecem ignominiosamente, sem produzirem nenhuma mais valia, porque os seus ganhos estão na especulação bolsista e financeira, e, é esta gente que nos trama, com a cumplicidade do PS, PSD e CDS para além da Alemanha e da UE.

É preciso dizer BASTA e criar um amplo movimento NACIONAL que congregue 2, 5 milhões de Portugueses para mudarem isto, sem este novo esplendor, sem um novo ímpeto o cenário vai repetir-se pelo menos, por mais tempo, ou seja, o centrão a governar isto, com o beneplácito do PR que fará de morto, ou enviará pelo espaço sideral uns alertas inócuos que também não são ouvidos, como os meus, isto é, Deus escreve certo, por linhas tortas, ou seja, suas excelências não me ouvem, mas outros não os ouvem.( entenda-se, no meio desta trágico-comédia, ainda me rio de mim e fico verde de raiva pelo triste e corrupto papel destes actores menores). Mas o triste disto tudo é que, quem se trama, é o zé pagode,e, deste estado, também faço parte.

Novas gestas de pensamento, acção e consequência são precisas. Os sloganes são nisto tudo papel higiénico sujo fora das sanitas ou dos cestos de lixo. Estamos no século XXI e não na Idade Média, hoje, muitos dos explorados, como previu Raimond Aron, nos idos de 1950, são licenciados, jovens com muitas competências, logo, não muito dados ao estoicismo, mas à inteligência e aos resultados. Como dizia Marx o único critério de verdade é a PRÁXIS.

A esquerda não pode, não deve, estar como se estivessem a assistir a uma partida de sueca entre PS e PSD. Onde pára a esquerda?

Qual o ORÇAMENTO ALTERNATIVO QUANTIFICÁVEL da esquerda? E que fazer, se não houver financiamento externo, passaremos a viver, como outros, num embargo fascista-social?

QUAIS A RESPOSTAS PARA ALÉM DO SACRIFÍCIO; DO HEROÍSMO E DO ESTOICISMO, que são preciosos, mas não suficientes para libertar o povo português do desastre, para que nos estão a conduzir, na lógica do capitalismo politicamente conservador, economicamente liberal, e ao nível da moralidade corrupto e impune, constituindo-se numa teia aterradora.


Quem me vai avisando....


andrade da silva


PS: estes textos interessam na minha opinião a todos, por isto, os escrevo, mas sobretudo é uma palavra para os perdidos, desanimados: PASSA A PALAVRA.
Mas hoje também sou um pai feliz, nasceu o meu filho João, há 25 anos. É um rapaz que os pais precisam, Portugal, a Europa, o Mundo, digo-o por convicção, muito embora, também seja um pai "babado".

7 comentários:

Marília Gonçalves disse...

Companheiro, Leitores

se o Povo de Portugal não for acometido de uma forte lucidez que o leve a ver que afinal o povo pode tudo o que quiser na verdade, é possível que Portugal seja tragado pela onda mundialista a que pertencem os sucessivos governantes que Portugal tem tido!
E se não tiverem esse consciência precisa para fazer valer os seus direitos impondo a sua verdade, vai constatar muito depressa que se deixou transformar num fantoche produtivo e que nem ele, povo, nem seus descendentes poderão durante muito tempo, reencontrar a via da sua dignidade de Seres Humanos!
Depois adeus sonhos, adeus pensamento, transformador nós todos em besta descarga enriquecendo mais, cada vez mais os donos, que para nós, pelo silêncio e assentimento cobarde escolhemos!
e é isto de tal forma real, e os grandes do dinheiro sabem-no tão bem que utilizam os mais diversos meios para chegar à meta que se propõe! assim trazem os governantes na mão, dispõe de quantias fabulosas para a sua publicidade, têm os meios de comunicação nas mãos e controlam assim sistematicamente o pensar dos que os escutam, mesmo se passam da mansidão fictícia que arvoram com falsos sorrisos, ao amedrontamento e ao ataque dos que se negam a ser escravos!
Agora gente ou despertam e dizem-no a alto e bom som, e votam a vosso favor e lutam por vossos direitos, ou depois... é tarde, Inês é morta!
Será assim tão difícil de perceber?
é hora de despertar! aliás o despertador toca ininterruptamente
convosco, para que VIVA PORTUGAL.

Marília Gonçalves

Marília Gonçalves disse...

Perguntas à espera da vossa Resposta

será que a força do dinheiro vale mais que a vida e a alegria sadia de viver do povo?

será que o amor dos pais em Portugal,
está também adormecido e inconsciente?

será que esta época de máquinas,maquinetas e computadores, nos robotizou?

será que ainda somos gente?

será que ainda somos um povo capaz de Amor Pátrio?

no fundo será que GUIMARÃES COM SEU CASTELO, berço de Portugal ainda significa algo para os filhos de Portugal?

Será que Camões é para o povo português o Poeta de ser-se Português?


Afinal respondam dentro de vossas consciências: QUEM SOMOS?
QUEM É CADA UM DOS QUE CADA DIA SE LEVANTAM PARA GANHAR A VIDA?

QUEM ESTÁ Á VOSSA FRENTE CADA VEZ QUE OLHAM UM ESPELHO!

eu acredito ainda na vossa Consciência Humana, não se deixem transformar em blocos de gelo motorizados e sem memória da História de todos os que, vossos avôs atravessando o tempo semearam Portugal!

Marília

andrade da silva disse...

Marilia

O pior está à porta, vou envir-lhe um post para fazer favor editar
abraço
asilva

Marília Gonçalves disse...

Acabo de ouvir o Sarkozy em directo de Bruxelas, é de ficar com os cabelos em pé, ainda mais pelos não ditos, pela fuga em responder claro às perguntas dos jornalistas, dizendo que a seu tempo dirá o que pensam fazer.
Quer dizer que vai ser dito ao povos o que se preparou, não o que se prepara, e vamos todos apanhar com as decisões já tomadas em cima para que não haja hipóteses de intervir e evitar medidas tomadas contra os povos
Adeus Liberdade, começa a esboçar-se o avanço da escravatura
Marília

Marília Gonçalves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Saltapocinhas disse...

Parabéns ao João e também ao pai.
:)

andrade da silva disse...

Saltapocinhas

Obrigado. Um abraço.
asilva