sábado, 19 de janeiro de 2019

POR ABRIL, DE ABRIL E COM ABRIL E SALGUEIRO MAIA CUMPRIMOS


Cumprimos com uma grande jornada de trabalho: com muitos saberes, muita garra, muito Abril -UMA GRANDE JORNADA DE ABRIL na Academia Militar que tão cordialmente nos recebeu.
Por Abril, com Abril, animados pela coragem e valentia de Salgueiro Maia e de muitos outros companheiros de Abril e da nossa História, que visitamos no Museu da AM, havemos de ser muitos mil ,e daremos o nosso contributo para que a obra do dia "INTEIRO E LIMPO" seja cada vez mais Abril e o Portugal que quisemos e queremos construir.
..... todos somos capitães... (SM)

Um dia inteiro de Abril onde a esperança, os valores estiveram presentes e vivos.
Com honra estamos a cumprir uma quão difícil e venturosa missão ... Somos todos Capitães...(Salgueiro Maia).
Uma vivência à Salgueiro Maia com a dimensão infinita da visão a Infante D. Henrique.
ASSOCIAÇÃO SALGUEIRO MAIA

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

A PARTIDA DO NELSON


 Gramava o Nelson


Era estranho, pois....singular,  muito humilde... 
gramava-o, muito...
fui ao porto de partida, dizer-lhe adeus.

Li o seu poema sobre o homem que devia crescer 
para o ar e como a árvore
 contemplar os céus e esperar a morte...

abracei, o puto, seu filho, gramo-o muito

disse-lhe que, como soldado, sou defensor das árvores
 que se deslocam nos 
vendavais - a minha vida!.....

e a vida é:
nascer
renascer 
tempo 
partir
que se ame todo o tempo.

Abraços aos amigos
joao



quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

ABRIL VIVO EM SANTARÉM






Associação Salgueiro Maia
 · 
Audiência no salão nobre da Câmara Municipal de Santarém
16/01/2019


Decorreu na Câmara Municipal de Santarém uma reunião entre o Sr. Presidente da Câmara, Dr. Ricardo Gonçalves e membros dos corpos sociais da Associação Salgueiro Maia (ASM). Foi uma reunião à 25 de Abril, iluminada pela memória de Salgueiro Maia e de todos que servem Portugal, os portugueses e os valores universais da liberdade, da justiça e da dignidade. Com honra e compromisso.

Faremos o nosso melhor com todos: mulheres e homens, jovens e idosos... somos todos capitães... para colocarmos no dia a dia de nós todos e, sobretudo, dos mais jovens, através da educação, quão é importante sermos livres, sapientes e corajosos para na actualidade e no futuro continuarmos Abril, e vencermos também os grandes desafios da revolução da inteligência artificial

. Ficou o compromisso de que a Câmara de Santarém, respeitando a sua historia, dará o seu apoio e cooperará nesta aventura de tornar presente todos os dias, Salgueiro Maia, em Santarém, Portugal e na Lusofonia. 

Da nossa parte o compromisso honrado é de cumprirmos a missão de com a coragem de Salgueiro Maia ajudar Abril a cumprir-se, honrando a memória dos grandes portugueses e no total respeito pela família de Salgueiro Maia, povo de Santarém, de Portugal e da lusofonia.

Estamos certos e, por isso, o proclamamos nos Paços do Concelho de Santarém, hoje, aconteceu Abril, como todos o sentimos e Salgueiro Maia testemunhou ... somos todos capitães ...

 Bem-haja ao Sr. Presidente da Câmara de Santarém, ao seu secretário, à professora Natércia, bem presente, à professora Lurdes que nos acompanharam e a todos os portugueses que confiam nos nossos propósitos  

Saudações ASSOCIAÇÃO SALGUEIRO MAIA

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

"SOBRE DADAS PROFECIAS DA 4º REVOLUÇÃO INDUSTRIAL - DE QUASE FIM DO MUNDO???





Não sei se estas profecias pecarão por excesso, ou defeito, mas têm, de um modo geral, uma grande ocultação que é a da governação do mundo pela inteligência artificial.
Até agora todas as barbaridades, guerras de Bush, Blair,Trump, Putin ou outros exigiram a intervenção de humanos. De futuro a inteligência artificial pode pura e simplesmente decidir que para um dado equilíbrio estratégico tem de ser eliminada a cidade, população Y.
Também se fala de que tudo será mais barato, mas se houver desemprego massivo, será mais barato para quem?
Certo é que, desde 1950, os sociólogos previam que já nesta altura
se devia viver numa sociedade organizada para os tempos livres, as industrias do lazer.

Devo dizer que pelos idos de 2007/ 2008 estive num projecto político, que abortou, com o prof. Leston Bandeira, Eduardo Milheiro, Alexandre Pinho etc., em que se fazia um grande desenvolvimento teórico-prático sobre a necessidade de nos voltarmos em força para a economia social.
É, historicamente, por demais evidente, que a educação vai sempre muito atrasada em relação às revoluções tecnológicas e, consequentemente, para 2020, e por aí fora, segundo o paradigma tradicional não há resposta actual do sistema educacional, quiçá, nem para 2030, e, obviamente, que a situação poderá ser dramática, se não houver a revolução social e civilizacional.
Nestas profecias ignora-se que por guerras e mudanças climatéricas há muitos milhões de deslocados / refugiados.
Algumas profecias, previsões, obedecem a um paradigma formatado do pensamento dos ditos sábios preocupados com o estado do Mundo que fazem os diagnósticos, os prognósticos, e depois esquecem-se da terapêutica e, como é sabido, sem tratamento o DOENTE cancerígeno "dará ao pernil."
Em muitas destas antecipações do futuro, falta abordar a natureza do poder que dominará toda esta panóplia de instrumentos que nos despem por completo, e nos podem comandar subliminarmente.
A Inteligência Artificial e a tecnologia avançam exponencialmente, mas o pensamento politico, a sabedoria social estão bastante congeladas, e virão a ser provavelmente dominadas
por uma máquina com um algoritmo qualquer.

A luta social e politica é URGENTE, IMPERATIVA, mas como se vai fazer, ou pode , se o Mundo é dominado pelas discussões dos partidos, e dos donos disto tudo, que, como redes de interesses e de gentes sem formação moral ou civilizacional, assaltaram os poderes, e só discutem por causa de tostões, ou travam a luta selvagem para abocanharem mais um pedaço das nossas carnes?????
Contudo, desde há mais de 50, ou 60 anos que se precisa de um bom pensador global que além de ter razão, ser sábio, tenha um grande número, um imenso número, de pessoas que acreditem na sua ciência, como Durkheim dizia: não basta estar cientificamenta certa para ser dada razão à ciência, é preciso que também se acredite.
O que se diz em muitas profecias?? é importante, é assustador, são do tipo das de bandarra pós- modernas, mas envia a questão para outra instância muito mais importante - para os sábios maiores, gente de Futuro e visão, e, nós somos tão pequenos, but... se nos multiplicarmos e com um foco certo - O FUTURO, talvez. possamos ser, um tudo nada, astérix ou viriatos, but...coisas. ?????."

Andrade da Silva

Postado em: https://www.facebook.com/associacao.salgueiro.maia/ da  Associação Salgueiro Maia: somos todos capitães.. quem quiser vem  ( Salgueiro Maia)

Sugere-se a leitura da obra: vinte e uma lição para o século XXI https://www.fnac.pt/21-Licoes-Para-o-Seculo-XXI.../a3158116

domingo, 13 de janeiro de 2019

NOITE LUMINOSA,HUMANA 11 JANEIRO 2019



Ontem foi o dia de aniversário da Academia Militar. Centenas de camaradas encontramo-nos num jantar para comermos a tradicional carne amarela -o prato tradicional da AM, um género de carne à Brás ??? -a malta gosta... estava um pouco fria, mas a conversa era quente, a amizade maior e o viva ao RE-NASCIMENTO da AM, ainda mais forte. Brilhante!



Falamos dos que já partiram, das praxes - ai aquele ia "comendo" com os caixotes da ordem pela "mona" abaixo-  e dos nossos heróis.




       E assim iria a mala da ordem




Pela primeira vez, falaram comigo  de Salgueiro Maia.  Alguns camaradas esperam o nascimento da Associação Salgueiro Maia - que nasça e seja venturosa. O seu  nome desde o dia 8 de Dezembro é evocado todos os dias por alguns portugueses -um feito!


No cumprimento pessoal que o Sr. General Chefe do Estado Maior  nos fez, aproveitei para lhe falar dos nossos heróis e das situações inacreditáveis que tiveram de enfrentar e vencer:


O 2ºBIAT (para- quedista na Bósnia) os primeiros que tomarem parte nas Forças Nacionais Destacadas (FND) . Disse o senhor general que hoje a preparação e os equipamentos são mais adequados. Ainda bem! O meu camarada General Chaves Gonçalves também aludiu que generais estrangeiros consideraram que poucas tropas euro-americanas cumpririam, naquelas condições,  aquela missão. Que não se esqueça este feito, enquanto estão vivos.. coisas... depois... MY GOD!...

                         Bósnia 1998


Falei da passagem à reserva dos ultrapassados por duas vezes-  um disparate Referiu que era a regra do EMFAR.  EMFAR que está errado  tecnicamente, e  é injusto.


Falei ainda de que um advogado militar me referiu, que haveria   uma tensão com significado no Exército, por causa das ultrapassagens muito questionáveis nas antiguidades.  Alguns camaradas falaram-me em haver expectativas negativas, mas não reclamações... o pessoal aguenta...


E, ainda, de alguns temas da cultura organizacional que não se alteram por decreto, mas por acções ao nível da mudança daquela estrutura organizacional, em que   a acção informal sistemática desempenha um papel motor- motor de explosão



Registo a atenção  que o Sr. General me  dispensou, num contexto muito pouco dado a esta troca de impressões. Bem- haja!


Revi outros grandes camaradas.Vi jovens, tão jovens, como o ano passado, um dado tenente de artilharia até pareceu-me que nem tinha saído do lugar, nem mudado nada o bigode- tal e qual como no  ano passado. Disse-lhe logo que não ia repetir a história dos tenentes  do 25 de Abril 74. Reconheceu-me, não sei se ainda recorda a história, e o que lhe disse sobre os neurónios dos artilheiros.


Falamos de máfias instaladas imbatíveis. Vi e sublinhei a felicidade contagiante de alguns camaradas. Lá encontrei o engenheiro chefe do  meu compartimento- o nº 13. e recordamos os camaradas que já partiram: o Miranda- fazia contas de cabeça a sonhar e dava-nos cabo do sono; e o Angeja, ai aquele armário- presunto , roupa , botas e livros, que salada! O  meu bom camarada comoveu-se. Um grande Homem!Aquele abraço...

    Miranda à direita na foto (eu estava preso na Trafaria)

Soube que o meu camarada RB não estará muito bem. Contei que ele e eu fomos ambos comprar a obra " PORTUGAL E O FUTURO" de Spinola, em Vendas Novas, logo que a obra lá chegou. Concordávamos com o seu conteúdo. Éramos jovens tenentes. 

Também há uns que não me "topam" mesmo nada... coisas.. não contam mesmo nada, e eu para eles idem, idem, aspas, aspas, espero que depois vão para uma galáxia diferente da minha... but.... coisas...

VIVA A CAMARADAGEM HONESTA E LEAL!

asilva

PS: Ainda falamos das aulas de judo e daquele grito terrível, que nos electrizou, do mister   Kobayashi ao nosso camarada Luís Araújo. My god! ainda o oiço.  E sempre lembramos o nosso camarada Ferreira da Silva -já partiu - um homem do tamanho do Cosmos.

Actualização 13 Janeiro: Queremos desejamos e  batemo-nos para que os helicópteros e todos os demais  sejam em quantidade e qualidade suficiente junto dos militares que cumprem a sua missão na República Centro Africana,e  que as noticias que correm por cá não sejam verdadeiras.  Não vos esquecemos. 

sábado, 12 de janeiro de 2019

CONTA E TEMPO





Soneto, obra-prima do trocadilho, escrito no século XVII por Frei
António das Chagas (António Fonseca Soares).

                  CONTA E TEMPO

Deus pede estrita conta de meu tempo.
E eu vou, do meu tempo, dar-lhe conta.
Mas, como dar, sem tempo, tanta conta,
Eu, que gastei, sem conta, tanto tempo?

Para dar minha conta feita a tempo,
O tempo me foi dado, e não fiz conta.
Não quis, sobrando tempo, fazer conta.
Hoje, quero fazer conta, e não há tempo.

Oh, vós, que tendes tempo sem ter conta,
Não gasteis vosso tempo em passatempo.
Cuidai, enquanto é tempo, em fazer conta!

Pois, aqueles que, sem conta, gastam tempo,
Quando o tempo chegar, de prestar conta,
Chorarão, como eu, o não ter tempo...  


Comentário:

Nascemos
Renascemos
Temos um dado tempo para Amar
Partimos para o Cosmos
Amemos durante todo o tempo!
joao

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

ASSOCIAÇÃO SALGUEIRO MAIA -MENSAGEM




Mensagem do 1º Mês, NO 45º ANO APÓS A GLORIOSA ARRANCADA DO 25 DE ABRIL 74
....somos todos capitães... ( Salgueiro Maia)
Em 8 de Dezembro 2018, em circunstâncias muito particulares e por força das mesmas, realizou-se uma Assembleia Geral que elegeu os actuais Corpos Sociais de que sou o Presidente da Direcção.
Neste momento a todos me dirijo, na total e plena convicção de termos cumprido um imperativo categórico - Levar, com todos e para todos, a Associação Salgueiro Maia (ASM) a bom porto - servindo Portugal, Abril, os Portugueses e honrando Salgueiro Maia.
A Missão é de uma dificuldade imensa, exige heroísmo e transcendência na presente situação interna da ASM, mas, de um modo muito evidente, pelos desafios que 2019 e os anos vindoiros põem a Portugal, à Europa e ao Mundo.
Nestas novas situações e movimentos políticos e sociais emergentes - coletes amarelos etc. - um movimento cívico, com concidadãos civis e militares, mulheres e homens, de vários grupos etários que queira colocar no terreno e junto dos portugueses, com os portugueses e para os portugueses, os valores de Abril corresponde a uma exigência ética e nacional- patriótica.
Junto de todos os concidadãos nestas conjunturas seremos uma palavra, ouvidos, amor - um companheiro de Abri - que reconhecendo a evolução dos tempos, que acompanha e exalta nos seus aspectos e consequências mais positivas e belas - nunca esquecerá, nem se desviará dos valores fundamentais do 25 de Abril 74 - A LIBERDADE, A DIGNIDADE HUMANA, A JUSTIÇA e o DIA " INTEIRO E LIMPO", como objectivos a alcançar, para potenciar, mais e melhor, as conquistas do presente e do futuro no interesse colectivo e individual, na busca de uma civilização e sociedade de plenitude.
Fiéis à Mensagem Maior de Salgueiro Maia nunca deixem de apoiar a construção do que ajudei a conquistar, a 2ª República - faremos o melhor que soubermos e conseguirmos para cumprir este Desígnio.
Quanto a mim, sou um soldado de Abril, como tal me manterei. No 25 de Abril 74 e na minha carreira militar até 2007 cumpri o meu dever de militar de Abril na vida militar activa, desde 2008 tenho participado onde posso, e tenho deixado o meu rasto de pensamento em milhares de textos postados no blog liberdade e cidadania. O que digo é o que penso e procuro realizar. Sempre.
Na ASM sou um dos associados fundadores a convite do General Bargão dos Santos, que saúdo, e com todos seremos os capitães  que Salgueiro Maia designava.... somos todos capitães... quem quiser vem...
Vem companheiro e "traz mais 5 companheiros ", ou mais contigo! Portugal, Abril, a Europa, os Portugueses precisam de todos nós, de muitos mil, e nós ASM, precisamos de todos, para continuar Abril, servir Portugal e os Portugueses.
VEM!
Saudações Associação Salgueiro Maia
Abraço de Abril
ASM, Lisboa 8 de Janeiro 2019 - Ano da Arrancada da ASM 
VEM!
do vosso companheiro
Andrade da Silva

EIA!
Somos todos capitães.... quem quiser vem ... (Salgueiro Maia)
Companheiros comuniquem a vossa intenção de nos acompanharem, ombro com ombro.. serem capitães... para o e-mail : Associação Salgueiro Maia ,.

Estamos na fase de organização e instalação Arrancaremos neste 2019,no 45º ano após a arrancada gloriosa do 25 de Abril 74
 Se quiseres vem..

,