segunda-feira, 24 de julho de 2017

INCÊNDIOS -A “COLÔ.MBIA” PORTUGUESA?????

                                                          GAVIÃO

Como sempre, como há décadas, Portugal arde e arde e arde, por todo o lado, por vis negócios e omissões a céu aberto que faz dos incêndios -o reino da “Colô.mbia” Português ??????- somente, agora, arde após a grande tragédia de Pedrogão, onde, o Estado e a Nação poderiam e deveriam ter estado e devem estar com um apoio de SOS da MELHOR QUALIDADE QUE O PAÍS TEM E PODE MOBILIZAR RAPIDAMENTE - as FORÇAS ARMADAS, mais objectivamente a Engenharia Militar e a Psicologia, como foi feito em 1980 em relação aos Açores e mais recentemente no Líbano, Kosovo e Timor. Como este apoio parece ter sido esquecida, solicitei -o , como cidadão, mas também como técnico ,antigo militar e psicólogo ao sr. General Chefe do Estado Maior do Exército, perante cujo silêncio, recorri ao Comandante Supremo das Forças Armadas , que se remeteu também a um ruidoso e alvoroçado  silêncio .





PEDROGÃO


Desta diligência dei conhecimento à Assembleia da República que me disse que os contactos que existiam entre aquela Assembleia e os cidadãos não cobriam o meu pedido, o que, rebati dizendo que era exactamente ao contrário, ainda, dei conhecimento ao Grupo Parlamentar do PCP, ao Presidente da Câmara de Pedrogão, que nada disseram, a dezenas de concidadãos, alguns, disseram que apoiavam a iniciativa, mas só o grande militar de Abril Furriel Vitor Pássaro comunicou ao Comandante Supremo das Forças Armadas que estava solidário com os cidadãos de Pedrogão e com minha solicitação- Bem-hajas Português e militar de Abril honrado e Digno! O meu camarada comandante Heitor Alves, um  militar de Abril, também alertou a Associação de Oficiais das Forças Armadas(AOFA)  para  o interesse desta iniciativa, mas a AOFA..... Finalmente dei a conhecer esta diligência à Sr. Directora da revista Visão que garantiu que ia dar a melhor atenção ao assunto.

Hoje, no jornal Público, uma mãe anuncia a formação de uma Associação, porque o Estado e a Nação falharam ou não fizeram tudo pelo Povo de Pedrogão. Acompanho esta mãe, vou-lhe dar conhecimento destas minhas iniciativas e se até 4ª feira, dia 26 de Julho, não tiver nenhuma resposta do Comandante Supremo das Forças Armadas, nos termo do art. 23 da Constituição, para os efeitos convenientes, cumprimento e organização dos respectivos processos contra as entidades supra referidas nos termos dos artigos da Constituição que  a seguir refiro: Art 9º -Tarefas fundamentais do Estado alínea b; Art 18 -Liberdades e Garantias : nº1; Art 20- Tutela Jurisdicional , alínea b; Art 22 - RESPONSABILIDADE DAS ENTIDADES PÚBLICAS; Art 26 nº1 Direito à Cidadania; Art 37 Liberdade de Expressão, e Informação ,nºs 1 e 3 ;art 48 - Participação na vida Pública, nº2 e Art 52 Direito de Petição, nº1 .,  apresentarei a respectiva reclamação.

Todavia, é muito duro ,não entendo mesmo, o medo paralisante de tantos e o receio de serem ridicularizados, quando cumprimos os preceitos constitucionais. 

 É evidente que depois de recorrer ao provedor de justiça, se nada acontecer, direi como a mãe de um caído em Pedrogão disse hoje, no jornal Público-  o Estado e a Nação, ou seja, o povo que não quer ler estes textos ou os lê e chuta para canto, dão tostões. mas preferem estar ausentes deste drama do quotidiano de mais 800 pessoas afectadas .





MADEIRA, outrora.


Da minha parte cumpro com a minha honra de cidadão e de militar de Abril e, uma vez mais, sou acompanhado pelo antigo furriel miliciano Pássaro, como o fui,  logo no 1º assalto ao comando de uma unidade, a Escola Pratica de Artilharia(EPA),  para a colocar na rota da revolução do 25 de Abril, exactamente aquando da senha do movimento às 22h 55’ do dia 24 de Abril 74. Fomos a 1ª unidade a ser tomada ,facto que mais de 99,..% dos portugueses ignoram ,porque reescrevendo a história querem colocar a EPC de Santarém no 1º  e único lugar de tudo, assim, o determinou as TV e outros interesses, mas a verdade é que efectivamente a EPC é tomada ás 0h 20 minutos do dia 25 de Abril 74 - um facto. Nesta hora toda a EPA estava tomada e estávamos já nos preparativos para a saída `as 3 h 00´00´´, como aconteceu.

A ignorância não é nunca uma virtude,  e a ignorância culposa é uma acto bárbaro, moralmente INQUALIFICÁVEL.





GUIMARÃES,outrora

andrade da silva

sábado, 22 de julho de 2017

ABRIL VIVO? ABRIL MATADO?


LIBERDADE, DIGNIDADE, JUSTIÇA, ABRIL- QUEM VOS ESQUARTEJOU, PARA AOS BOCADOS COMPOREM UM PAÍS DO FAZ DE CONTA?

FALAM DE ABRIL COM A MESMA ALMA E CORAÇÃO DOS FEROZES COIOTES QUE O DESTROEM, LOGO, ESTAMOS MELHOR QUE 75% DA POPULAÇÃO DO MUNDO, MAS LONGE, BASTANTE LONGE, DO ABRIL DO POVO-MFA. 

HÁ MUITOS ABRIS, MAS COM O DNA DAQUELE ABRIL, ONDE ESTARÁ UM ABRIL VIVO?

    Procuro Abril e vejo imensos homens de Abril sepultados por esta vil.... que tomou o poder e seus acólitos fanáticos.
    Querem é militares de Abril mansos, mas Abril foi, é , será Revolução contra a mentira. as ditaduras, a impunidade, a indignidade


quinta-feira, 20 de julho de 2017

POR, COM E PARA O POVO DE PEDROGÃO.





Não abandonarei a trincheira:

(E.-mail, enviado)

Meu Caro Concidadão Presidente da Câmara de Pedrogão

Desde a 1º hora, como português, tenho acompanhado a tragédia de Pedrogão e, como antigo militar psicólogo estive em contacto com os meus camaradas psicólogos militares e da policia marítima que estiveram no terreno e, também, pela circunstancia de ter sido durante 20 anos psicólogo militar e ter acompanhado os nossos militares no estrangeiro, logo sugeri ao senhor general Chefe do Estado Maior do Exército a importância material e psicológica de forças da engenharia militar e psicólogos no terreno para apoio às populações e reconstrução da habitabilidade, há forças com essa capacidade, já estivemos nos Açores em 1980, e mais recentemente em actividades de reconstrução no Líbano.

Perante o silêncio recorri ao Sr .Presidente da República ,onde o silêncio sobres este apoio ,estranhamente, foi de chumbo, mas porque tenho a mais CONVICTA CONVICÇÃO de que o Povo de Pedrogão precisa deste apoio e o reconhecerá bem mais que outros povos o Mundo que temos ajudado da Europa à Ásia, passando por África ,sugiro-vos que solicitem esta grande ajuda nacional que material e psicologicamente tanto o povo de Pedrogão precisa.

Depois desta missiva dou por concluído o que posso fazer nesta área, fica o Apelo, depois as nossas autoconsciências e a Consciência Nacional se pronunciarão um dia!....

Com um abraço de total solidariedade e amizade com todos os que sofrem, alguns vivem por Lisboa e também os vou acompanhando

João António Andrade da silva

coronel , licenciado em psicologia, situação militar de reforma

PS:
Caro Camarada

Junto envio cópia do mail que nesta data enviei para diversas entidades. 

Abraço
Vitor Pássaro



Assunto: Fwd: O POVO PORTUGUÊS PRECISA DAS SUAS FORÇAS ARMADAS: ENGENHARIA E PSICOLOGIA

Exmo Senhor Presidente da República

Senhor Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa


Ao ler a "Carta aberta ao Presidente e a Portugal" publicada no jornal Expresso e em nome de uma vítima dos recentes acontecimentos em Pedrogão, venho por este meio juntar , também, o meu apelo ao do senhor Coronel Andrade da Silva, meu instrutor e comandante na Escola Prática de Artilharia, bem como de outros ilustres cidadãos, para que o Exército e em especial a Arma de Engenharia colabore activamente no apoio àqueles nossos concidadãos, a exemplo do que já fez em outras situações quer no nosso país quer em missões internacionais.

Muito Respeitosamente, subscrevo-me

Vitor Pássaro

domingo, 16 de julho de 2017

DOR E AFLIÇÃO PELO POVO DE PEDROGÃO!


EIA!


"Somos soldados de Portugal ao serviço 1º dos portugueses em todos os cenários de guerra, mas também na paz, quando somos precisos . Assim tem de ser."


JÁ PEDI, POR VÁRIAS VEZES, AO SR.PRESIDENTE DA REPÚBLICA, AO SR. CHEFE DO ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO, À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA QUE ENVIEM PSICÓLOGOS MILITARES E ENGENHARIA MILITAR PARA PEDROGÃO.PARA APOIO DAQUELES NOSSOS IRMÃOS .

NEM RESPOSTA OBTIVE

SOMENTE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA DISSE-ME QUE ESTAVA A CONTACTÁ-LOS INDEVIDAMENTE. INSISTI QUE ESTAVA A CONTACTÁ- LOS DEVIDAMENTE E CALARAM-SE.

MAS TAMBÉM VÓS OS QUE NÃO DAIS NENHUMA ATENÇÃO A ESTES APELOS SOIS DA MESMA NATUREZA. SE ESTES TEXTOS TIVESSEM MILHARES DE GOSTOS JÁ A ENGENHARIA MILITAR ESTAVA LÁ,LOGO TAMBÉM HÁ MUITOS CÚMPLICES.
MAS UM DIA PODE SER O NOSSO CASO,DE UM NOSSO FILHO OU NETO... COISAS...
Post:

PORQUE NÂO ESTÁ A ENGENHARIA MILITAR NO TERRENO?
-----------------------------------------------------------------------------------------------
E uma vez mais repeti o pedido:


para belem, emgfa_rp, cpae, parlamento, CEMFA_GAB_SECR., , ceme
EXmo Senhor Presidente da República, Comandante Supremo das Forças Armadas

MEU COMANDANTE SUPREMO!

Juntando a minha voz à da cidadã de Pedrogão ( http://expresso.sapo.pt/…/2017-07-14-Carta-aberta-ao-Presid… ) renovo o meu grito para que a Instituição Militar, como é seu Imperativo Categórico e Nacional, acuda aqueles nossos irmãos com engenharia militar, ,psicólogos e outros meios

Por Portugal, com os portugueses e com coração e alma de soldado e de militar de Abril subscrevo- me

João António Andrade da silva

coronel situação militar de reforma ,licenciado em sociologia e psicologia.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
E-mail enviado directora revista Visão ,hoje.,dia 15 Julho

Sra Directora da Visão

Um cidadão individual faz o que pode, mas neste país um cidadão vale menos que um cêntimo furado, logo...

Julgo urgente e, desde há muito, que a engenharia militar, psicólogos militares e outros militares estejam no terreno. em Pedrogão Temos um largo capital humano e técnico conseguido da Bósnia ao Afeganistão, passando por Timor e Kosovo , onde, sob o meu comando os psicólogos António Rodrigues a Paula Noné criamos quadros com professores, freiras - para lutarem contra a instalação do síndrome de stress pós traumático, porém, a minha voz fica aquém dos muros dos palácios e a própria Assembleia da República comunicou que este assunto não era da sua conta, disseram-me. , mas deviam de o dizer ao povo de Pedrogão.

Agora espero, que este assunto seja da vossa conta e nos ajudem neste apelo. Também procurei ,como cidadão , ampliar o vosso alerta ( http://visao.sapo.pt/…/2017-06-30-Depois-dos-incendios-O-ma… !)

Pelo Povo de Pedrogão e de Portugal

andrade da silva
Quando uma irmã precisa, a outra estende a mão. Quando a mão falta, pede-se ajuda. A quem? Ao Presidente da República, ao país. A todos nós. A dias de…
expresso.sapo.pt

quinta-feira, 13 de julho de 2017

PORQUE NÃO ESTÁ A ENGENHARIA MILITAR EM PEDROGÃO?




EIA:

A ENGENHARIA MILITAR DEVE E SÓ PODE ESTAR EM PEDROGÃO - É UM IMPERATIVO NACIONAL !”

MAS NÃO ESTÁ:

Porque teimosamente, e, orgulhosamente, como deve ser, o Sr. Presidente da República, o Sr. General CEME e a Assembleia da República não o querem, muito embora, um deputado do PCP tenha falado das Forças Armadas como uma redundância nesta conjuntura a serem usadas, porém, como não desenvolveu melhor esta sua "teoria do cubo" ,ninguém lhe deu atenção e é pena, mas o deputado também não insistiu, saberia mais alguma coisa? ??

E, também, não quiseram ouvir o repetido apelo de um cidadão-militar emérito, coronel do exército, licenciado em sociologia e psicologia, com a marca terrível de não pertencer a organismos de poder ou seitas, isto é, ser anormalmente um cidadão anónimo normal sem tachos ou alianças de conveniência com padrinhos, o que, de facto é uma anormalidade que caracteriza os grandes parvalhões, pois quase toda a gente  é importante  e é Mister de Algo , em algo,  e ocupam belos palácios do estado a fazerem coisas importantes?

O Sr. Todo bom ,bonito e sempre muito bem acompanhado nos almoços nos bons restaurantes, como no Toledo ,do Lumiar, criou uma escola para treinar voluntários para receberem os” bilhões” de refugiados. Mas quantos recebemos e quantos batalhões de voluntários preparamos para os receber?

Também referi que instalações militares perdidas, como a ex- Escola Prática de Cavalaria, em Santarém e muitas outras, poderiam constituírem-se em bairros de acolhimento para refugiados, mas alguém ouviu?  Não fui recebido pelo sr. Presidente da República, até choro ranho, mas D. Maravilhas sim, e fez alguma coisa ???????????

Mas também não está lá a Engenharia Militar , porque os meus bons amigos da onça e outros tais, não tornaram o pedido apresentado no blog liberdade e cidadania ( https://liberdadeecidadania.blogspot.pt/... )e no facebook viral, antes, pelo contrário, foram àquela parte discutir tretas
.
Pudera!... Não foram queimados em Pedrogão, não perderam casas, mas um dia sabe-se lá ??? As calamidades climatéricas podem ser muitas e variadas, e estão previstas desde há muito. Desde 2005 que também falo deste tema, empenhadamente, mas os gatos e os espertos não ouvem.... COISAS... Devia ser militante e estar num partido próximo de um secretário ,para faxina e porteiro, obrigado - NÃO! ( Até o sr. Brigadeiro Pezarat Correia acusou-me de incomandável e fui preso por 8 dias pelo sr. General Garcia dos Santos, por declarar que o Sr. General Alcides de Oliveira que prestou 40 anos de serviço no regime que ajudei a depor no 25 de Abril 74, não me podia julgar em 1976 , por ser um capitão EXUBERANTE das OCUPAÇÕES SELVAGENS DE TERRAS E DE HOTÉIS, - o Hotel Planície de Évora - como consta da acusação ,e ter andado a prender por 5 dias latifundiários, de certeza  guardados no bispado de Évora, porém, eles acusaram-me disto, e, agora, vejo por aí muito GUERREIRO DA REFORMA AGRÁRIA que entre Alcácer do Sal e Évora , entre o 25 de Abril 74 e o 25 de Novembro75 nunca os vi, em parte nenhuma, só se iam, fugindo, à supervisão do MFA, fazer barbaridades que da minha parte JAMAIS CONSENTIRIA ,era, assim mesmo, como todos sabem e ,foi, por exemplo: no caso da herdade de Palma Casebres e da Barrosinha em Alcácer. etc.. ai as verdades - cala-te, diz o “heroe” M.C .J- VAIDOSÃO!, mas vivo só com a minha pensão e nem carta de condução tenho- ponto)

Todavia, o desinteresse quase total de todos MATOU, MATA EM PEDROGÃO E VAI CONTINUAR A MATAR EM ALGURES.

EIA:

A ENGENHARIA MILITAR DEVE E SÓ PODE ESTAR EM PEDROGÃO É UM IMPERATIVO NACIONAL !

Tudo o vento levou e leva.

COISAS......



quarta-feira, 12 de julho de 2017

ESTADO DA NAÇÃO: CALA-TE!




Para os que destruíram o país, qualquer nada é um completo desastre - onde tudo falha.

Para o Governo e seus apoiantes, todos os grandes factos são coisas poucas, ou somente com alguma gravidade:

Pedrogão foi trágico, mas nada, naquele cenário, funcionou mal, e resta saber o Futuro ????? Todavia, houve cidadãos sem apoio durante 5/6 horas, como ?  A estrada onde morreram muitos cidadãos era uma estrada Nacional , que esteve abandonada,  durante muitas horas porquê? Onde esteve e está a mobilização Nacional? Porque não está no terreno a engenharia militar que já solicitei ao Sr. Presidente da República?

Corrupção e amiguismo continuam a não ser julgados. Porque a nuvem de ocultação sobre a ruína danosa,  no mínimo,  da  Caixa Geral de Depósitos?

Há as cativações que são ????????

Há um poder DITATORIAL e ARROGANTE dos apoiantes e partidos do Governo, como, aliás, é a regra, porque não existe sociedade civil em Portugal , nem, jamais, por este caminho,  vai existir .

Tancos : Assalto, ou invenção, e se invenção , será sem intentona, e, então?

Todavia, qual o verdadeiro estado da Nação :

o diabo- para os coveiros da Pátria :Pedro Passos Coelho e Cristas e outros,

um sol, uma honra. um orgulho para as Mortáguas, Catarinas, Partido Socialista com algum distanciamento critico/táctico do PCP,

Mas, como estamos e estaremos daqui a 5 anos, 10 anos, na certeza de que Costa se vai suceder a Costa ?

A questão fundamental é saber onde estarão Portugal e os portugueses ,que dependem de muitos serviços do Estado: Escolas, Hospitais, Segurança , Defesa, Justiça ????? , no Futuro por estes descaminhos????

Enfim, com arrogância, propaganda e com a distribuição de alguns euros vai continuar esta politica, porque a de Pedro Passos Coelho, Portas ,Cavaco, Gaspares , Cristas é pior, muito pior , é uma politica de matança económica dos portugueses.

Portugueses sem uma revolução civilizacional resta-nos as ditaduras, as corrupções, o fazer de conta, e para não sofrer tanto , estão aí os futebóis, as telenovelas, os tintos nas tabernas e o galão com uma torrada cheia de margarina às 10h - o pequeno almoço - e às 16 h - o lanche.

Mas, se perderem a arrogância, e cair a ditadura dos militantes e dos partidos e a sociedade civil, sem aldrabões, tiver um lugar em Portugal, poderia haver Futuro ,assim , seremos sempre passado.

Sem alternativa, para pior, já basta assim.... e parece que assim vai ser, porque os portugueses vão querer, porque crêem que assim está bem ,e pior estaríamos com os diabos que deram cabo de Portugal ,quase todo: centenas de milhares de desempregados, centenas de milhar de cidadãos penhorados, milhares de empresas destruídas, património público  bastante reduzido a cinzas .

VEDE E AMAI O SOL:




E DEPOIS...

COISAS!....

Todavia:

A questão da governabilidade em Portugal será  a falta de competência ,honestidade, visão.

O CDS e o PSD são uns poucos NADAS. mas muito em corrupção, e a darem cabo dos portugueses -6.666.666 dos portugueses para manterem muito bem ou bem 3.333.333 que mais policias, militares ,juízes e, no caso português, a igreja católica,preferencialmente ,  e serão sempre a base imperiosa de sustentação para qualquer regime ditatorial ou pseudo democrata. logo tudo bem..



segunda-feira, 10 de julho de 2017

EIA! PORTUGAL ! A DEMOCRACIA DE VOLTA!



EIA!

Amigos de amigos, formando governos a qualquer nível- central ou local , é asneira pela certa: mais dia, menos dia.

Os governos ( central ,regional ,local) devem ser constituídos na base de cidadãos da mais alta competência ,idoneidade e isenção.

Obviamente, que os governos devem manter-se a governar pelo seu alto mérito, e não por favores de meia travessa de maiorias parlamentares ou pela incompetência de uma oposição de coveiros da Pátria.

O actual governo( como todos) deveria e deve governar pelo seu elevado perfil, que tem de se esforçar todos os dias por ter ,e cada vez mais. Por vezes, o actual, parece ter sido constituído sobre bases de combate muito estreitas e de difícil maturação e longevidade, pelo que, tem usado um sistema de propaganda em que O TUDO É SEMPRE O NADA, o que, o pode desagregar, sendo o Presidente da República o seu INEM, ( mas até quando?), contexto politico agravado pelo facto do PCP criticar, mas, logo dizer que este não é o seu governo, pelo que as criticas somem e seguem e vão abalando as bases (a) morais do governo. e o BE faz cambalhotas no arame. ,logo ???????

Porém, todavia ,contudo o sr, Passos Coelho e o CDS que destruíram o pais, através de uma gestão danosa e odiosa fazem , agora, de UM NADA UM TUDO, porque querem obrigar o Presidente da República a demitir este governo, e estas e outras desagregações por efeito da demissão destes secretários e o modo como são conduzidos alguns dossiês ajudam bastante a este objectivo .- que nas urnas tem um grande TEMÍVEL E INVENCÍVEL opositor ,ou seja, os cêntimos no aumento das pensões e os euros nos vencimentos, bem como, a significativa diminuição do desemprego , este, um dado fundamental , constituem argumentos, que sempre foram imbatíveis nas urnas, e, ainda, bem que o são, porque o PSD/CDS não são nenhuma alternativa a actual maioria parlamentar..... mas ...., EL DIABO???????

E, então, estamos num bloqueio?

Não!

EIA:

Se o PS fizer o que nunca TEM SIDO CAPAZ- REGENERAR-SE DAQUELES VELHOS TIQUES DO AMIGUISMO, CORRUPÇÃO, RETÓRICA E GOVERNAR COM OS MELHORES PORTUGUESES DE PORTUGAL COM PORTUGAL; POR PORTUGAL E PARA PORTUGAL - VENCEREMOS !.

Não é IMPOSSÍVEL, MAS É MUITO DIFÍCIL, porque exige:

-Um Estado de Direito

- Transparência, competência, espírito de Missão,honestidade, decência e honra a todos os níveis do Estado: Governo ,Autarquias, Empresas Públicas e Instituições Nacionais de Defesa e Segurança

- Audição dos cidadãos e exaltação DA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA E TÉCNICA e limitação do poder arrogante e anti-democrático de militantes e dirigentes dos partidos, propriedade dos que assaltam o poder no seu interior.

- Cumprimento da Constituição em todos os seus capítulos, considerando também as instituições e organizações sociais e nacionais que devem ser independentes dos partidos, como a Constituição o refere , taxativamente, na sua letra e pela sua alma.

- Justiça social,defesa do estado social e justiça fiscal

-Segurança do Estado e dos Cidadãos, com o Estado capaz de fazer cumprir as suas leis ,e GARANTIR a sua independência e a segurança dos cidadãos

SE ASSIM FOR, TEREMOS DE VOLTA PORTUGAL E A DEMOCRACIA REAL; CONSTITUCIONAL.

PORTUGUESES!

PORTUGAL!





Os secretários de Estado da Internacionalização, dos Assuntos Fiscais e da Indústria pediram a exoneração de funções, após terem solicitado ao ...
rtp.pt

domingo, 9 de julho de 2017

SITUAÇÃO MILITAR GRAVE.!



General demite-se em divergência com Chefe do Estado-Maior

O general José Calçada, comandante do Pessoal do Exército, demitiu-se sexta-feira devido a divergências com o Chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte.
Segundo adianta o jornal "Expresso", a gota de água, depois de anos de divergências, foi a exoneração de cinco comandantes, na sequência do furto de material de guerra em Tancos. José Calçada terá considerado o ato como "inqualificável".
Na despedida, o general dedicou no Facebook um poema aos militares que comandou.


QUE A DEMISSÃO SEJA PARA LUTAR MAIS E MELHOR PELA VERDADE E A JUSTIÇA,

Meu general em sentido e continência

. Quando já nada  mais se pode  fazer, só resta o fim da picada, obviamente, que não é o caminho que defendo, mas outros caminhos exigem uma unidade ,uma coragem total e firme entre muitos e muitos.... e os tempos.....

Todavia , o sistema de rondas aleatório, com 20 horas de intervalo e pessoal com armas descarregadas, nem lembraria ao diabo que indo atrás de Deus está em toda a parte, e, nem ele, faria tal monstruosidade-  que só pode ser um sintoma de um muito grave quadro nosológico, HÁ TUMORES.

Também é evidente que a demissão só pode ter sentido para mais e melhor defender nas instâncias próprias o que considera ser justo. 

Uma demissão pela demissão ,nem comento, nem  comentaria..




PS: e  assim se vai provando que esse outrem Coronel Sousa e  Castro quando vai para as TV falar da bandalheira de 75 e dizer que o general CEME agiu bem, não percebe NADA do que está a dizer, nem nada de Quartel. No Exército não há demissões pelas TV,mas como tal senhor não sabe o que é um quartel desde 73,se é que antes soube, só diz tretas  aplaudidas pela casta de ignorantes e papalvos que povoam este pobre universo lusitano

sábado, 8 de julho de 2017

NOMEAÇÕES E PROGRESSÃO NA CARREIRA NO EXÉRCITO?.

             3º BIAT BÓSNIA,COMANDANTE,GRANDE COMANDANTE TENENTE-CORONEL CUBA



O caso ilustrativo, dramático, vergonhoso e humilhante de Tancos põe em discussão  4 factores  intrinsecos e fundamentais do Exército ,  a saber:

1- INCÚRIA GRAVE, INACEITÁVEL AO NÍVEL DE UM CABO DA GUARDA - A DE NÃO FAZER AMIUDADAS RONDAS AOS LOCAIS SENSÍVEIS, armado e com a arma municiada , logo,  muito mais grave ao nível de 5 comandantes,  com mais de 100 anos de experiência somados, mais 50 anos de estudos acumulados etc. Logo como pôde acontecer?

2- Falta de meios humanos, materiais, financeiros , técnicos e, mesmo, psicológicos para o cumprimento das missões, em condições aceitáveis

3- Se houve cooperação interna, então, haverá  má selecção, má  avaliação e descuidada acção de comando sobre os militares subordinados permitindo a formação de uma  eventual célula local, regional ou corpo nacional de extremistas ligados ao terrorismo internacional ou banditismo,   facto de uma gravidade extrema que NÃO SABEMOS QUE ATENÇÃO TEM MERECIDO,o que, é um perigo real, que, agora, deve ser questionado, para saber se podemos estar descansados, isto é, há alguma vigilância, supervisão  sobre eventuais alvos desejados pelo   recrutamento de forças terroristas ou do crime organizado?

4- MAIS GERAL UNIVERSAL E QUE PÕE EM CAUSA A DEFESA NACIONAL ARMADA NA SUA COMPONENTE EXÉRCITO 

                                      EIA:

  COMO SÃO NOMEADOS OS COMANDANTES PARA AS GRANDES UNIDADES: QUE CRITÉRIOS E QUE GRAU DE VALIDADE APRESENTAM? Esta é a questão essencial em todos os casos e neste, em particular, por tudo o que já foi dito pelo General CEME que é o responsável máximo pelos critérios de avaliação, promoção e nomeação, e ,no caso de Tancos, se os cinco comandantes, ou se um deles, tivessem cumprido capazmente  e competentemente o seu dever este assalto não teria acontecido nestes termos.   (defendo que se houver uma célula interna aconteceria   de um outro modo , mas  não este) 

Todavia, como diz o general CEME o erro destes meus cinco camaradas, a fazerem um percurso que quase de um modo pré-garantido os levaria ao generalato, foi humilhante. Contudo, estes comandantes  são camaradas com notações de excelente desde pelo menos do posto de capitão, logo, desde há uns vinte anos, muito louvados e medalhados, então, como é o sistema de avaliação que permite não que um, mas  cinco e quiçá poderiam ser muitos mais se no polígono de Tancos mais comandantes houvesse - que apesar dos currículos brilhantes, num lugar da máxima responsabilidade - sejam incompetentes, ou irresponsáveis,  de tal sorte, que este caso até parece Kafkiano, e, pior, se este assalto não acontecesse, continuariam a comandar as unidades com a referida entrinseca incompetência e desleixo, mas com notação de exelentes, seriam  com muito forte probabilidade os futuros generais, quiçá um novo CEME ou Comandante Geral da GNR, e nesses casos só seria detectada a sua máxima incompetência, agora, anunciada ,se surgisse um acontecimento extremo e, aí, consoante  as suas  funções, as consequências poderiam ser bem mais totais

 E, sendo esta uma questão de fundo ( que  no Centro de Psicologia Aplicada do Exército( CPAE)  sempre colocamos ao escalão superior  e publicamos  textos no jornal do Exercito em 2004)  que já causou milhares de mortes, desde logo ,na  1º Guerra Mundial e depois na  Guerra de África - NINGUÉM: OU TEM A CORAGEM; OU A SABEDORIA DO SABER, PARA QUESTIONAR COMO É FEITA A AVALIAÇÃO DO  MÉRITO PESSOAL E  COMO SE É  NOMEADO PARA O COMANDO DAS GRANDES UNIDADES, VIA GENERALATO? 

EIA UMA DAS VERDADEIRAS QUESTÕES DA DEFESA ARMADA DO PAÍS  E DOS NOSSOS SOLDADOS. MAS OS MORTOS NÃO FALAM E OS VIVOS OU NÃO SABEM, OU FINGEM QUE NÃO SABEM, E, SOBREVIVEM, Quando  muito fazem  as politiquices do costume  com ruído.

Todos os estudos feitos no CPAE, desde 1993, sempre apontaram para que o sistema de avaliação do  mérito pessoal era cientificamente INVÁLIDO ,PORQUE SUBJECTIVO E ARBITRÁRIO , como, aliás,  o de toda a função pública, logo, aqui começa o grande PERIGO DE MORTE  PARA A DEFESA ARMADA DO PAIS E DOS SOLDADOS ,e todos  se  calam, porquê? 

Também é certo que há instituições que    mantêm a reprodução simples, com grande eficácia, como   acontece na Igreja Católica e nos partidos políticos de índole concentracionária, ou seja, a um sujeito clone de um outro antecedente, sucede-lhe o seu clone,e só quando o Inferno de Dante acontece se percebe a desgraça da  clonagem.

Porém, todavia, contudo , obviamente, que as questões sérias e de fundo não interessam mesmo nada, não dão palco e exigem alguma substância cinzenta... logo...


andrade da silva

PS: assisti a parte da conversa, mesmo conversa,  cínica e retórica  do sr. Ministro da defesa na comissão de inquérito. O deputado Matos Correia do PSD limitou-se a fazer uma intervenção   retórica, irónica a imitar o zero,foi brilhante a ser zero.ZERO , ofendendo-o, será a nota mais positiva  `aquela audição que um ser com alguma inteligência e decência pode dar. MY GOD!

              BÓSNIA ONDE FIZEMOS TUDO MUITO BEM.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

OS COMANDANTES PÓS-FACTOS NOMEADOS PELO GENERAL CEME






TANCOS:

 EXEMPLO PARADIGMÁTICO, OU EXCEPÇÃO TRÁGICA E HUMILHANTE?


   PRÉ--FACTOS, FACTOS  E  PÓS -FACTOS.

                                              NO PRINCIPIO....

Como na Bíblia, antes ERA O VERBO, belo, redondo, luminoso, depois veio o Dilúvio, e o VERBO EXULTANTE tornou-se escárnio e mal-dizer .....assim, fez o sr.General CEME com  os, ante-facto,   melhores coronéis do Exército Português - Comandante do Regimento de Para-quedistas, como o eram considerados, até este desastre. Afinal os cinco, supostamente magníficos, tiveram um comportamento humilhante, como, porquê? E nada é posto em causa, para além destes nomeados  como salvados, nesta terra imensa de incompetência, pós-factos  e... . mas como?


                                        O MESMO FACTO, COM CONSEQUÊNCIAS MAIS TRÁGICAS


SE .... a patrulha , sem nenhuma prontidão para reagir, porque não tinha as armas municiadas, estivesse junto dos paióis seriam mortos, o desastre seria maior......

ENTÃO ......porque haviam de estar lá, se  nem para testemunhas serviriam, julga-se, por cá, que os mortos não falam, julgo eu de que, but...?


                             ANTECEDENTES - PRÉ -FACTO

SE..... os meus camaradas coronéis são tão incompetentes ....

ENTÃO..... a que avaliação foram sujeitos de tal sorte, que, provavelmente, os PIORES Coronéis do Exército foram nomeados , de uma só vez e em lote (??????), para uma das áreas mais sensíveis, e todos, de um modo geral, se não acontecesse nada, seriam os futuros putativos  srs. majores- generais, naturalmente, com o apoio do general CEME que os nomeou....

ENTÃO,  quem garante que os demais comandantes estejam bem seleccionados, e, quão grave devem ter sido os seus comportamentos para humilharem o general CEME, e,

                                  PÓS-FACTO

...ENTÃO..., e uma vez mais,   porque  não foram mesmo exonerados, e somente estão suspensos de funções ?

E SE o Polígono de  Tancos é uma área Militar tão sensível...

ENTÃO, há quanto tempo não recebe a Inspecção Geral do Exército que depende do General CEME?.

E SE.... E SE...... E SE..... E SE........

ENTÃO,.....ENTÃO .... 

E, ENTÃO, de que falou o glorioso Coronel Sousa e Castro,  sobre os tenentes -coronéis revoltados, supostamente  sem perfil revolucionário, e dele- SOUSA E CASTRO - qual é  o perfil sobredeterminante da sua personalidade ?

E SE HÁ COVARDIA E TRAIÇÃO.??????.....

ENTÃO..???????.....



                                  HIPER-FACTO, HIPER-CONVULSÃO ?????

SE..... houve cooperação interna ??????.... 

                                  
ENTÃO...... o crime iria dar-se de um, ou outro qualquer modo, talvez, mais violento, e, ainda,  esses cooperadores são ocasionais, ou estão estabelecidos, ou mesmo restabelecidos- só em Tancos, ou em todo o corpo das Forças Armadas? E ENTÃO ????????

E SE.... noutra altura esses cooperadores fizessem explodir os paióis, estes ou  outros, com mortos e feridos,... 

ENTÃO... tudo seria pior e, ...

ENTÃO... este perigo está ultrapassado?

MY GOD!

                                      DE  OUTRO PÓS-FACTO VIROSO -LOS DIABOS!

 E o reaccionário do homem de Novembro ,Sousa e Castro, vomitando, fala por analogia da bandalheira do  PREC, mas está aí alguma Revolução em marcha?  Todos pensamos que vivemos    numa  muito amadurecida democracia, ou não?  Pela alarvice muito aplaudida de Sousa e Castro parece que não. De facto juntando isto tudo, mais a  corrupção e a tragédia de Pedrogão devemos estar a viver tempos tenebrosos.

Será mesmo que EL  Diabo não andará por aqui , por aí e acolá? 

PORTUGAL!........... PORTUGAL!.... PORTUGAL......

VIVAM OS "HEROES!"

EL DIABLOS!


terça-feira, 4 de julho de 2017

TANCOS- O ÓBVIO! CLARO!



Os paióis tinham de ser alvo de uma segurança forte, não podiam estar sujeitos a uma tal ronda aleatória com um intervalo de vinte horas, e,  obviamente, que se o aleatório no conjunto do número de rondas adequado de x por dia, desse entre a n e a n+1 , 20 h de intervalo, alguém deveria ter corrigido esse alienado aleatório, mas sendo isto tudo tão evidente e, óbvio, porque não aconteceu?

E oh senhores do óbvio, não é a falta da ronda que promove a cooperação interna, a cooperação interna existe anteriormente, e encontra neste grande espaço entre a ronda n e a n+1, o seu veículo para levar a cabo a sua acção, o que, é mais um sintoma sobre o alerta em que estava o grupo de cooperação com um grau de prontidão muito elevado, e, ainda, se esta cooperação interna existe - qual a sua dimensão, restringe-se a Tancos ou está mais espalhada, e, se sim o recrutamento e a selecção militar nada têm a ver com isto tudo, ou seja, com a qualidade dos nossos militares ?

 Em 2004 defendia que sim, como apresento na conclusão de um artigo publicado no jornal do exército, sobre esta matéria. 

(  UM SISTEMA :
recrutamento
selecção
formação
avaliação do desempenho )

Concluindo como todos os estudos ,  a experiência internacional e  a observação directa revelam não há crise de vocação ou incompetência militar. Se há falta de efectivos e défices no recrutamento, isso tem a ver com a politica de incentivos, carreira etc para ser militar RV/RC.. Obviamente que num quadro de idênticas exigências e mui diferenciadas regalias, os jovens preferem a GNR ao Exército, e, ainda há perante a falta de candidatos um grave abaixamento das exigências, como foi revelado também em 2004




PS: A intervenção na RTP 3 do mui , mui Coronel Sousa e Castro contra a bandalheira das tropas de 75 foi pura e simplesmente um NOJO. Os militares  que comandei desde 1970 a 2007 ( sob o meu comando) nunca praticaram bandalheira ou indisciplina, sempre fui o seu comandante, o que, desde pelo menos 74, não acontece com o mui,mui Coronel que nunca mais comandou tropa nenhuma ,ou sequer sabe o que é um quartel.



domingo, 2 de julho de 2017

GRITO DE UM PORTUGUÊS







DE NOVO GRITO NO VAZIO

Renovo o pedido ao Chefe Supremo das Forças Armadas, ainda sem qualquer resposta : http://liberdadeecidadania.blogspot.pt/2017/06/pedido-ao-presidente-da-republica.html

E- MAIL , DE NOVO.  ENVIADO


E.mail para: 

 belem, ceme, emgfa_rp, cpae, parlamento, CEMFA_GAB_SECR., AOFA.

Exmo Sr. Comandante Supremo das Forças Armadas

Perante os gritos do Terreno, solicito, como antigo militar e psicólogo militar, durante 20 anos, uma vez mais, o apoio das Forças Armadas, na reconstrução de Pedrogão, como fizemos no Líbano, com engenharia e psicólogos ( tenente -coronel Cunha) e no apoio psicológico, como fizemos no Kosovo sob a orientação no Terreno do ex.tenente António Rodrigues e em Timor sob a orientação da ex-tenente Paula Noné, ambos, do Centro de Psicologia Aplicada do Exército (CPAE)

O grito dilacerante do nosso povo tem e deve ser ouvido

EIA

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2017-06-30-Depois-dos-incendios-O-mal-de-estar-vivo

CONCLUSÃO:

.....

"Concluído o trabalho das equipas de emergência (da Cruz Vermelha aos fuzileiros da Armada Portuguesa) segue-se uma nova fase: a do encaminhamento e acompanhamento no médio prazo. Serão legítimos os receios de que estas pessoas sejam esquecidas? O nosso país é dos que, na Europa, tem um nível elevado de perturbações psicológicas e problemas de acesso às psicoterapias, sobretudo no sistema de saúde público. Basta lembrar que no auge da tragédia, no passado dia 23, havia mais de 800 pedidos de apoio psicológico, para profissionais de ajuda incluídos. E que no agrupamento de centros de saúde (ACES) do Pinhal Interior Norte, que cobre os concelhos afetados pelo incêndio, só existe um psicólogo".....

COM PORTUGAL E POR PORTUGAL

Como meus respeitosos cumprimentos de Português com Honra

um cidadão-militar anónimo

João António Andrade da Silva

Coronel de artilharia/ licenciado em sociologia e psicologia, situação militar de reforma