domingo, 21 de novembro de 2010

A TRAGÉDIA







SIMPLESMENTE TUDO ERRADO. E O FANTASTICAMENTE FALSO






O fantasticamente falso, através das religiões, da propaganda e do caciquismo dobram e dominam as almas, eliminando o cidadão livre e alimentando hordas de crentes de pensamento quadrado.

O fantasticamente verdadeiro e esquecido é que somos governados por governos que nos submetem à escravatura, como testas de ferro de banqueiros e empresários que nos exploram, e para além de toda esta perversidade as pessoas geralmente mentem, desamam; as organizações de solidariedade social, por exemplo, no Afeganistão são 80% corruptas, entre nós não se conhecem os números , mas por todo o lado se fala do aproveitamento feito dessas organizações por supostos beneméritos que tratam da vida deles, até cometendo crimes na ordem dos milhões de euros, como são os casos, há anos a serem julgados nos tribunais, sem fim à vista, e, ainda, para agravar este quadro entre nós o espírito salazarista e inquisitorial é uma dominante comum à maioria dos lideres orgnizacionais portugueses, que não cultivam a liberdade critica, mas sim o seguidismo absoluto, embora, através de verdadeiras lavagens ao cérebro e de verdadeiras sessões de espiritismo, consigam convencer as pessoas que gozam de alguma autonomia, o que é fantasticamente falso.
É fantasticamente falso que o actual OGE sirva para alguma coisa. O OGE é iníquo, está errado, só serve para agravar a situação em que nos encontramos, porque é recessivo. Sem crescimento económico vamos precisar do FMI. Sem crescimento económico vai-se alargar o desemprego e a miséria para níveis incontroláveis. Como também já tinha dito em 2008, no blogue, avenidadaliberdade da associação 25 de Abril, entretanto calado, por falta de liberdade de expressão, que este fatidico 2008 e seus sucessores seriam anos de todas as crises, de acordo com um dos economistas portugueses, Ferreira do Amaral, depois foi o que se viu e está a ver, com inevitável agravamento em 2011.

O discurso unicamente ideológico é fantasticamente falso, porque neste momento também interessaria preparar as pessoas para mudarem o seu paradigma de vida.

A União Europeia, os Banqueiros e os capitalistas enganaram os portugueses disseram que tudo seria possível, todavia não podemos viver como os alemães, não produzimos a mesma riqueza. Não podemos ter tantos plasmas e teremos de nos sentir mais felizes com os bailes da aldeia e com as couves da horta, do que com o camarão importado, e competiria à esquerda apresentar programas globais alternativos, e dizer o que fazer se a taxa de desemprego disparar, os dinheiros nos bancos faltar, etc. etc.

À esquerda compete denunciar o que aí vem, até com estudos feitos por gente que não será da esquerda, mas que sabem que com a criminalização do trabalho pelo simples facto de ser trabalho honesto, como acontece com os servidores do estado que por o serem, são penalizados com a perda, sem processo formado, de uns quantos dias de vencimento mês, estamos a cair nuna situação inaceitável, e com isto este governo e o PPD -Partido de Pilatos Desculpem - estão a afundar o país no interesse de 1 a 2% dos mais ricos que tendo contribuído para esta crise, estão com ela a lucrar.

É preciso, e foi sempre preciso, dizer ao povo português que o sonho do Eldorado foi uma ilusão que está a transformar-se em pesadelo, e que pode vir a ser uma tragédia. Para a evitar é preciso que os portugueses, os gregos, os irlandeses, os espanhóis e a curto prazo os franceses expulsem os maus lideres das governações e das oposições, sem uma geral limpeza, sem que os corruptos e caciques sejam substituídos por gente livre e que, no nosso caso, amem Portugal e o Povo vamos rapidamente a caminho da tragédia.

Sobreviveremos, claro, haverá muitas greves e manifestações, mas o desemprego, o poder corrupto e ditatorial, cada vez mais ditatorial ,nos esmagarão. É preciso mudar o rumo a este estado de coisas com propostas, programas justos e que partam da liberdade e para a liberdade, com absoluta recusa das ditaduras e dos criminosos que aberta ou camufladamente governam o Mundo.

Neste Mundo poucos mais do que eu amarão a paz, porque denunciei uma guerra, nela andei, vi morrer amigos do coração, todavia pela mais elementar ideia das trancas à porta, quando estamos rodeados de bandidos, a NATO, enquanto houver por aí países ditatoriais, absolutamente parias, como é o Irão com a possibilidade de armas nucleares ou outros como a China, a Coreia do Norte, A Rússia, a Índia, o Paquistão, com armas nucleares e exércitos poderosos, e a Alqaeda, para evitar o esmagamento da nossa civilização, a NATO É PRECISA.

Considero como legitimo o suicídio praticado individualmente, mas a ninguém assiste o direito por convicções ideológicas, religiosas ou outras encaminhar toda uma sociedade para se tornar alvo fácil de gente bem pior que os déspotas que nos governam.

A luta pela paz é muito complexa e global, seria preciso exigir à ONU que assumisse as suas responsabilidades e fosse eficaz para pôr cobro aos genocídios no Sudão, Darfur, Ruanda, Médio Oriente etc. do que não tem sido, e depois destronar entre nós e no Mundo os governos belicistas, e os corruptos que vão do Afeganistão à Europa via África, América do Sul etc.

De facto sob a pata do fantasticamente falso espreita-nos um terrível tragédia que o POVO Português nem sonha. Tudo aponta que a seguir à Irlanda estamos na mira do FMI, ao que se poderá seguir a Espanha e a França, e já há mesmo quem ponha a questão de quem pode salvar depois o FMI e a União Europeia.

Os Chineses acalentam esse sonho, perante o colapso dos EUA, e isso será muito pior do que actualmente. A China com trabalho sem direitos e milhares de execuções extra-judiciais ( para além das judiciais) com tiros na nuca, como a amnistia Internacional tem denunciado e outras coisas afins, como alguns jornalistas portugueses que por lá passaram têm relatado não pode exercer esse papel, para defesa da nosso modo de ser e da liberdade residual de que gozamos.




andrade da silva

5 comentários:

GiaSantos disse...

Concordo com o descrito, mas como recuperar os 35 anos perdidos a alienar o povo português?
A quase totalidade das organizações políticas aproveitaram o tempo para nos embrutecer vendendo quimeras ou impingindo ideias preestabelecidas que nos levam ao caos a que chegamos.
Face à passividade da nossa gente, diariamente somos confrontados com atitudes indignas de quem nos tem administrado, todavia, por lodo lado se vêem atitudes de tolerância com os infractores que nos colocaram no caos, sem qualquer pudor.
Considero que a grande mudança tem que começar pela da mentalidade colectiva, é tempo de exigir que se cumpram as promessas eleitorais, a constituição e as leis cívicas.
Um abraço
Luzia

andrade da silva disse...

Luzia

Que fazer?

O que cada um pode fazer, ladrar, como aqui faço, é o nosso dever de cidadania, de resto é esperar que gota a gota, palavra a palavra se crie um profundo movimento de cidadania, ou que cada um onde está seja livre e questione.

Claro que este blogue é curto para qualquer efeito, a poucos chega e, destes, alguns, terão mais medo dele do que do diabo, porque incomoda, logo lê-se e fazem delet, ou deixam por ali, mas raramente dão-lhe vida, espalhando por toda a parte, assim, perdemos todos e perde o pensamento livre, mas ganham as ilusões e o pensamento quadrado e fica certeza que ladrarei, ladraremos, mas as caravanas passarão até à consumação do desastre.

E ainda o nosso amigo José pires me inclui pela ironia da sua juventude no grupo dos bem pensantes. MY GOD!
abraço
asilva


________________________________________

José Pires disse...

PELOS VALORES HUMANOS e PELO PAÍS !

UNAMOS ESFORÇOS !

Todos os VERDADEIROS Homens e Mulheres deste País podem descarregar os formulários em:

Blogue:
http://josepiresapresidencia.blogspot.com/

Página no facebook:

http://www.facebook.com/Jose.Pires.a.Presidencia

E… enviar para:

=> Rua Casal da Camacha Nº 3 2º D 2655-250 Ericeira

ou

=> Rua Ten. Assis Gonçalves Nº 8 5320-337 Vinhais

NÃO PODEMOS DEIXAR DE SONHAR e TENTAR FAZER OUVIR A NOSSA VOZ !

HÁ FOME e TODOS “os senhores” FICAM CALADOS !

HÁ UM DESENSINO e NÃO TEMOS QUEM O DIGA DE UMA FORMA FRONTAL !

Um abraço LIVRE e de LIBERDADE para TOD@S.

Zé Pires

Marília Gonçalves disse...

O Povo é quem Mais Ordena
esperemos que manifeste energicamente a sua vontade
Tudo depende do olhar lúcido e da vontade do povo de Portugal!
Marília Gonçalves

andrade da silva disse...

Cara Marilia


Sim, tudo depende do povo, mas o povo é bombardeado por milhões de bites de informação contraditória e fantasticamente falsa, que promove um dado espírito e atitude, a outros competirá procurarem dar informação mais verdadeira, alertando para o espírito critico. São pequenas lamparinas no meio de holofotes, mas que fazer, ser carneiro, ou lutar por verdades maiores?

Pessoalmente opte pela segunda opção, sabendo agora, como em Agosto de 75 que serei esmagado pelas forças conservadoras e contra o povo e a liberdade, como fui em Novembro 75- Do que me ia acontecer fui avisado pelo maj Gil, amigo pessoal do brig. Pezarat Correia, só que nunca soube o que era desertar do lado do povo e de Portugal, mas tenho a consciência que estou encurralado num cubo hermético e anti-democrático de pensamento semi-único a único que nos subjuga.

abraço
asilva