sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

8 de Março em Cada Dia

à Ester Pita e a todas as mulheres para que se ergam
Libertárias e Solidárias




DIA DA mulher DIA DE SEMPRE

Cada ofensa ao teu nome
Mulher
é colectiva
por todas nós se reparte
em cada uma recai
a ofensa o insulto o ai
cada agressão que sofres
a cada desespero
é sobre cada mãe
cada mulher
que o mundo inteiro
cala
o que tem por dizer.
Mulher não és apenas
essas noites serenas
do descanso merecido
tu és a cruz
a que nos pregam
cravos do não sentido
do não pensado
do mal-amado!
o sono que merecias
não o tens
e sempre o desconheces...
as lágrimas Mulher
as tuas:
são gritos raivas preces
mas nunca ninguém
escuta a tua voz
que vem morrer
a estremecer
dentro de nós
Mulher
quando tu passas
e vêem tuas graças
ou as que a vida nega
não vêm as vidraças
onde a pedra ao cair
também pode atingir
aquele que a lançou!
porque Mulher
é a mãe que o insulto gerou!
contra a própria matriz
o bruto invade
a alma o corpo da mulher
nessa maldade
que a ignorância
apenas não desculpa!
todos fomos infância!
todos dentro do berço
sobre o qual uma mãe
rezava ou não um um terço
de suas amarguras e desditas
de tanta ofensa
em tanto gesto inscritas.

Mulher teu desespero
somos nós que o sentimos
porque tal como tu
o nosso ser tão nu
que cada olhar na rua surpreende
está vestido de sombra
de séculos, milénios
a sofrer
apenas
porque és minha irmã, uma Mulher!

Marília Gonçalves

5 comentários:

Marília Gonçalves disse...

a cada criança que pelo Mundo se vê roubar o Direito de serem simplesmente crianças


l'enfant qui meurt
n'a pas de pays
son pays c'est son enfance et son chemin la vie
un enfant qui meurt est un fleuve asséché
une terre perdue
un pont qui s'est brisé
qui venu du passé
s'écroule brusquement
au seuil de l'avenir
l'enfant qui meurt n'a pas de pays
son pays c'était la vie

Marilia Gonçalves

andrade da silva disse...

O dia da Mulher são todos os dias.
Um grande abraço e beijo.
joão

ester cid pita disse...

Muito obrigado Marília.
É sempre bom lembrar que as mulheres têm um papel fundamental na nossa sociedade.

Penso que será importante não esquecer que somos mais fortes quando deixamos as diferenças unir-nos. Assim construímos um mundo melhor e mais justo.

zépovinho disse...

R E P A S S A N D O


QUEM É ESTA FULANA?
220.000 contos/ ano ou 15.700 contos/Mês
...A NOVA CEO da EDP Renováveis
...que só vai dar dividendos em 2020!!!
ESPALHEM MAIS ESTE ESCÂNDALO:
Salário Milionário

Com uma remuneração anual fixa de 384 mil euros (cerca de 77.000 contos) para 2008, à qual acresce uma contribuição para o plano de pensão e ainda um prémio anual e um prémio plurianual para períodos de três anos, cada um dos quais até uma verba máxima de 100% do salário base.
Ou seja, se todos os seus objectivos de desempenho forem cumpridos, Ana Maria Fernandes receberá mais de 1,1 milhão de euros (220.000 contos) no seu primeiro ano como presidente de EDP Renováveis após a entrada da empresa na bolsa. Os valores mencionados constam do contrato de admissão.

(segue abaixo)

zépovinho disse...

m 2009 só ganhou 2.240.000,00 ¤, 160 000, 00¤ por mês..

Comentário de Júlia P. Brito

Por onde anda o nosso dinheiro

São quase 200 salários mínimos ou seja são precisos 200 portugueses com o salário mínimo para perfazerem o vencimento de um só trabalhador. Como é possível ? É pior do que no Futebol. Assim a EDP obriga os clientes a pagar os erros da sua gestão, como nas dívidas incobráveis que quer exigir aos pagadores honestos.

...e depois Portugal continua a aumentar o nº de pessoas pobres (que já vai em 22% da população). Continuamos a perguntar: Que país é este ?

...e estes "ladrões" que tanto se defendiam dizendo que no "tempo da outra senhora" era isto e aquilo. Para quê ? Para justificarem os seus "assaltos" continuados e quase descarados ? Só se um regime dito democrático também é isto ! Não será também por estes exemplos (que vêm de cima) que outro tipo de ladrões anda agora por aí, com grande força ?




Denunciar é exercer a cidadania.



zépovinho (aqui bem juntinhos que é para aquecer!!!!)